Grêmio de Todos | MGdeT ENTREGA PROPOSTAS PARA SALVAR TEMPORADA 2021 DO GRÊMIO
15958
post-template-default,single,single-post,postid-15958,single-format-standard,theme-bridge,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,columns-4,qode-theme-ver-16.8,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.2,vc_responsive

MGdeT ENTREGA PROPOSTAS PARA SALVAR TEMPORADA 2021 DO GRÊMIO

 

Os coordenadores do Movimento Grêmio de Todos (MGdeT), Maurício Levy e João Herminio, estiveram na Arena para protocolar uma série de propostas no Conselho de Administração e no Conselho Deliberativo, com o objetivo de ajudar o Grêmio a sair da grave situação na qual se encontra no Brasileiro 2021. A visita aconteceu no dia 05 de outubro.

Foram apresentados 8 propostas, que fazem parte do Plano Emergencial para Salvação de 2021. São elas:

1) Que o clube demita imediatamente Marcos Hermann, Diego Cerri e Carlos Amodeo de suas respectivas funções, e que o próximo CEO do clube fique distanciado do Departamento de Futebol;

2) Que seja formada em caráter emergencial uma Comissão do Futebol, a contemplar a pluralidade de representações dos movimentos internos do clube para que outras visões sejam observadas neste momento, ou mesmo que seja ampliada a “Comissão para Assuntos Relativos ao Futebol” do Conselho Deliberativo, em ambos os casos sendo concedidos amplos poderes para diálogo com a comissão técnica;

3) Que o clube, a partir das reuniões dessa Comissão, volte ao mercado para contratações urgentes e assertivas de qualidade incontestável;

4) Que sejam contratados psicólogos da área esportiva e, caso sejam bem-sucedidos, que sejam incorporados ao Departamento Médico, sendo criado o setor de psicologia desportiva neste;

5) Que seja possibilitado o parcelamento por boleto bancário (no valor mínimo de uma mensalidade para cada parcela) aos sócios inadimplentes, visto que isso não seria um ato de “caridade”, mas, sim, uma ação inteligente e efetiva para receber mais receitas no Quadro Social e para aumentar o público na Arena do Grêmio. Além disso, estabelecer a cobrança de uma mensalidade como valor mínimo de parcela garante a manutenção da estabilidade financeira do clube;

6) Que seja reduzido substancialmente o valor do ingresso para os próximos jogos até o final da temporada 2021, a fim de que se encontrem valores realmente acessíveis ao sócio-torcedor e ao torcedor  não-associado. Nem que para isso o clube tenha que dispor de recursos próprios, haja vista a relação contratual complexa com a gestora do estádio, pois nada nesse tema é mais importante do que lotar a capacidade máxima permitida na Arena do Grêmio;

7) Que sejam liberadas todas as torcidas organizadas com seus materiais festivos e sonoros, e que o clube realize todos os esforços nesse sentido ante eventuais impedimentos dos órgãos públicos;

8) Que a direção (Conselho de Administração) ou, por delegação, a Comissão Emergencial do Futebol, em diálogo com o Departamento Jurídico, realize a máxima articulação política, jurídica, financeira e social com os demais clubes da Série A e com a Confederação Brasileira de Futebol, bem como acione o Superior Tribunal de Justiça Desportiva e provoque sua Procuradoria (ou faça com que outros clubes provoquem) sempre quando necessário. Tudo, enfim, com altivez e moralidade, por um único objetivo: a permanência do Grêmio na primeira divisão do principal campeonato nacional de futebol profissional.

Assista o vídeo que gravamos na Arena! 

 

0 Comentários

Deixe um comentário

×

Olá! Bem-vindo ao WhatsApp do MGdeT.

×

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas e mensurar a audiência do website. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close